segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Palavras se rebelam

Palavras em reunião de letras ao acaso. 

Expressá-las com a liberdade das infinitas formas que as letras possibilitam 

empurrá-las no abismo das mentes 

Tribunal profano!


Se pudesse recolher as palavras que se foram

escolheria aquelas que me perdi


O tempo como o eco eterno do que se diz 

se recolhesse àquela frase como um segundo que se foi

ainda existiria a agressividade do tom, interpretação, teatro discursivo

impossível será - deixar de ser o que é

senti-do fuzilou

o momento


Haveria uma forma de reconstruir o futuro

de viajar com letras de novas palavras

fazer da nova história

um livro


Há sempre o perigo de um amontoado, descontrolado,

de palavras, 

frases quase sem fim

centenas de páginas que pre-sentem a tragédia

do Tempo


Ontem, hoje ou amanhã

seguimos mergulhados em dizeres

que iluminam o sentimento, a vida

ou torturam o pensamento da alma


Porque as palavras se rebelam?!.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade pra comentar...