quinta-feira, 17 de abril de 2008

Barack Obama vai bem em debate e cresce em pesquisas

Hillary e Obama fazem debate tenso... Obama se apresentou mais prudente, e evitou comentar suas declarações da semana passada de que algumas pequenas cidades dos EUA são “ressentidas”. Obama se defendeu das acusações - lançadas por Hillary e McCain - de que seria elitista e de que estaria afastado da realidade, após assinalar que as pessoas dos pequenos povoados da Pensilvânia se agarram à religião e a suas armas porque estão frustradas com os problemas econômicos. O senador afirmou que não formulou corretamente uma frase e por isso foi “criticado até a morte”. “Estou muito impressionado com a frustração dos americanos. O povo está frustrado, e não apenas pelas mudanças no trabalho, mas também pelos baixos salários e pelo alto preço da assistência médica”, disse o senador
Pesquisa Hillary tem no momento certa vantagem sobre Obama nas pesquisas sobre a Pensilvânia, e deve vencer neste estado no dia 22 de abril, antes das primárias em Indiana, em 6 de maio. O problema para Hillary é que as últimas pesquisas apontam uma vantagem de cinco a seis pontos na Pensilvânia, ou seja, pouco para relançar a campanha da ex-primeira-dama. Uma pesquisa publicada no Los Angeles Times dá a vitória de Obama em Indiana. O senador por Illinois também é favorito na Carolina do Norte, que vota em 6 de maio. Segundo a mesma pesquisa, 54% dos americanos têm uma opinião desfavorável de Hillary, contra 39% para Obama. A mesma sondagem revela que 58% estimam que Hillary Clinton “não é honesta nem digna de confiança".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade pra comentar...