segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Recebi a sua Carta, nem acredito...

Estou pasmo, como pôde? "Não foi nada". Confesso que fiquei muito descontrolado, uma emoçao sem tamanho. Por que fez isso? "Queria lhe fazer um carinho." Cê sabe quenão vai receber nada em troca. "Só imaginar sua alegria ao receber a carta do carteiro, escrita à punho, já me recompensa." É mesmo? "Sim!" Nossa..., vc é mesmo uma raridade. "Que isso, sou nada, gosto de dar alegria". Entaum.., mas tudo que escreveu é verdade? "Sim!". Nossa.., mas pensei que a Carta fosse apenas pra mim deixar feliz. "À principio era só por este motivo, agora sonho mais alto. E sonho é sonho, não é?" Eu nunca pensei que..."Por favor...vc não me deve nada, faz de conta que não lhe disse o que acabo de dizer" Oras..., como farei isso? "Olhe, pense assim...digamos que vc estivesse perdido num deserto, à beira da morte por sede e fome." Sei..."Então..., em algum lugar, uma pessoa que lhe ama muito te envia um gota d'água e um pedaço de pão pra que vc sobreviva"...Sim e daí? "Como e dai?" Eu não entendo o que vc está tentando dizer? "É simples meu amor...estou te dando uma possibilidade de vida, só isso..." Puxa, pensei que fosse me salvar no deserto? "Eu lamento..., ainda que lhe ame muito, é vc que está no deserto. Foi vc que se enfiou aí... Vai ter que sair daí com esta gota e com este pedacinho de pão"...Melhor mudar de assunto, não entendi nada. "Sinta sua sede, fome e está num deserto com o calor intenso do Sol como sua única companhia. Vai descobrir o que estou dizendo" Deixe disso linda...! Olha, como vc recomendou...eu comprei um pequeno frasco de vidro praquela flôr que quero cuidar. Vc acha mesmo que isso é bom? "Claro que sim meu lindo, claro que sim...Se vc mantê-la viva por mais dias que ela tem de vida natural." Puxaaa...vou tentar...Sei não, eu me conheço. Vc esteve mesmo na beira do rio? "Estive!" Viajou tudo isso só pra me descrever em detalhes as margens do Feio...? "Sim, na verdade não foi tanto tempo assim...06 horas de viagem no sábado, dormi naquele hotel que vc me descreveu. Acordei bem cedo no domingo, fui ao rio. Tudo é como me falou... amei o lugar. Almocei no único buteco de lá e quando foi às 14 resolvi voltar. Cheguei aqui as 19, tudo na maior tranquilidade". Puxa...nunca imaginei uma coisa dessa. Vc fazer isso...puxa... "Fique frio, curti a viagem. Trouxe algo de lá pra vc que ainda não posso te dar". O que é? "Uma história sua que só posso te contar quando chegar a hora certa." Mas qual a diferença de contar agora ou depois? "Vc ainda não está preparado e, depois..., prometi pra pessoa que me contou: só lhe revelar quando estivesse muito bem e tranquilo." Mas...eu estou ótimo! "Ainda não está, mas sei que ficará..., em breve lhe conto. Fica frio menino". Tudo bem entaum, vou esperar. Quando é queee... vai dizer seu nome? "Só quando vc descobrir o sentido de todas as minhas palavras. Tenho que ir...grande bj, adorei falar contigo de novo..." Peraíiiii! "Tiau...olha, falaram pra mim que vc sempre foi a mais santinho da Classe...tiau"...Peraiiiiiiiii!

Um comentário:

  1. Ah Miguel... Não sei como consegui viver tanto tempo longe de você...
    Sua presença mágica encanta e enfeitiça meus dias e minha existência...
    Você me deixa com água na boca...
    Preciso te ver... logo!! ;-)
    Beijos, lindo...
    Danny

    ResponderExcluir

Fique a vontade pra comentar...